segunda-feira, 6 de junho de 2011

Minhas memórias afetivas: Capítulo Assis

Há tempos eu queria escrever a respeito e confesso que já comecei esse texto algumas vezes, mas o saudosismo sempre me impedia de terminar.


Prá quem acha que comer em república é variar o sabor do tempero pronto do miojo, é porque não passou lá em casa. Dava prá editar um livro de receitas com as maluquices que inventávamos e não me lembro de nada que não tenha ficado bom. Cada uma de nós tinha uma especialidade e não tinha tempo ruim, a gente comia lasanha na 4.ª feira, torta de liquidificador de madrugada e nunca comia carne no dia em que a Tarsila cozinhava porque ela tinha horror a carne crua, ainda assim lembro com saudades das calabresas com batata rsrsrs

Agora tinha uma ocasião em que a gente cozinhava juntas e comia prá valer: meu aniversário! Quem me conhece sabe que se tem uma coisa que eu adoro é festa de aniversário! Cozinhar prá festa então é comigo mesmo...


E era tão legal!!! O dia anterior à festa era dedicado aos docinhos!!! Sim porque festa de aniversário prá mim tem que ter BRIGADEIRO e muito brigadeiro! Ficávamos horas e horas enrolando docinhos, os textos do dia podiam ficar prá amanhã!

Meu aniversário/Agosto 2004

Me lembro bem, quando eu disse que ia fazer bolo de ameixa, todo mundo fez cara feia. Depois do parabéns, um decidiu provar, o outro falou que tava bom, o terceiro se encorajou e no final das contas todo mundo comeu o bolo!

No ano seguinte, foi a vez do bolo prestígio. A Thaís que jurava de pé junto que não comia nada que tivesse coco porque 'não gostava de fiapo' comeu o meu bolo prestígio e fala dele até hoje!!! Esse aí durou no máximo até o café da manhã do dia seguinte!

Já os salgados, eram sempre os mesmos: sanduíches de metro, tortas de liquidifcador e pão de forma com patê, sim amigos eram tempos difíceis rsrsrs





Meu aniversário/2006

Esse aniversário foi especial e o bolo, floresta negra, ficou ótimo! Era meu último ano em Assis e mais do que comemorar mais um ano de vida, a festa foi o começo da despedida de coisas muito marcantes e pessoas muito especiais. Esse aí também não chegou até a 2.ª feira e olha que não éramos 20 pessoas e ninguém chegou a levar um pedacinho de bolo prá mãe rsrs.

Assis tem muitos sabores, nossas tigelas imensas de pipoca, uma com sazón e a outra com calda de chocolate, o pastel do Alemão, a batata recheada do Mr. Batata, o sorvete da Cristal do Augusto... que saudade hein meninas!

Um comentário:

Marcia disse...

Ahhhh!!Me emocionei com seu texto! É incrivel como comida também é memória!!Me lembrie de vaarios momentos da nossa republica!!Saudades também!!