domingo, 4 de setembro de 2011

Uma refeição pode ser muito mais do que apenas um momento de nutrição. Infinitos prazeres, sentidos, sensações, conquistas, carinhos, amores, histórias podem ser partilhados em volta de uma mesa! Uma simples refeição (simples porque quem prepara sempre acha que podia ter feito mais e feito melhor) pode nos levar a momentos muito especiais, tais quais os que tivemos ontem!

Costumo dizer que o carinho dedicado no preparo da casa e da comida é a prova de que o convidado é, antes de mais nada, bem vindo! Andrea, Evelyn e Vivi concordarão comigo que, nesse aspecto, fomos tratadas pelas anfitriãs como rainhas! Faltou tempo para tudo o que a gente tinha de assunto e nos faltou disposição prá esvarziarmos as panelas (o maior prêmio que pode ser dado prá quem cozinhou) mas sobrou, alto astral, bom gosto e talento!





Me dei conta agora que não tirei foto dos aperitivos mas também, engatei a falar e cadê que lembrei do trabalho??? O cardápio do jantar era salada, galhinhada, tutu e couve! Seria injusta se escolhesse um prato porque estava tudo ótimo, comida cuidadosamente preparada e muito bem apresentada! A sobremesa é o que eu costumo chamar, elogiosamente claro, de uma falta de respeito. Um 'falso sorvete' com calda de ameixa e amêndoas em lascas. Coloquei falso sorvete entre aspas porque já tomei muito sorvete de verdade que não tem nem de longe aquela cremosidade e aquele sabor. Roseli nos deve a receita!!!
E prá quem acha que acabou, como assim??? Ainda tinha o cafezinho com bolo e prá mim a mais nova melhor combinação do universo: café com cascas de laranja cristalizadas!







Meninas, temos que repetir a dose mais vezes!

Nenhum comentário: