quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Mantecal da Juliana!


No quesito memória afetiva, esses biscoitinhos têm muito a dizer.

Eles foram o conforto de algumas tardes em que estávamos tristes e que passamos juntas e foi a gordice que completava momentos engraçados também.

Amo mantecal, mas chegar à casa da Juliana e encontrar uma lata inteira deles, feitos por ela e  esperando por mim, hummmmm. Amo ainda mais.
A partir de então, esses biscoitos ganharam um novo valor cognitivo, não dá pra pensar neles sem pensar nela e em tudo o que passamos juntas.

Valeu Jú! E eu quero mais... kkk

Essa é a Jú e o amor dela [talvez ela me mate].

Ela liberou a receita e as fotos eu roubei do álbum dela no facebook.

“anota aí lombriguenta” – palavras da própria – kkkk
1 kl de farinha de trigo,
meio kl de açúcar e
1 pacte de gordura vegetal hidrogenada
mistura tudo, a massa vira uma farofa, faz as bolinhas e coloca em assadeira sem untar, leva ao forno até ficar dourado.
Os: prepare-se para fazer bolinha até acabar a paciência, mas super vale a pena.
Ah! Claro que vale, também, colocar aquela tradicional gota de goiabada. 


Obtive informações de que a massa é esquisita mesmo...

Faça bolinhas até não aguentar mais, ai... continue fazendo - kkk

não eram gotas??? são cubinhos...
Quase lá...
Hummmm... era nessa lata mesmo!


Nenhum comentário: