quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Por Ana Claudia Cendofanti (mãe de uma criança diabética e amiga).

Acompanhem:

O Paulinho (meu marido) estava conversando com um diretor de uma grande empresa que tem DM2 (diabetes tipo II), ele disse que em todo lugar que vai (restaurante, mercado, etc) pede por produtos diets ou opções mais saudáveis. E a postura dele é a seguinte, se não tem ele manda chamar o gerente e no auge de sua elegância e educação diz assim:
- O Senhor pratica discriminação em seu estabelecimento?
-Claro que que não. Responde o gerente.
Então ele diz:
-Eu sou diabético e o Sr não tem opção de sobremesa para mim, isso não é discriminação?

Adorei a postura, talvez valha fazer aquele ditado "água mole em pedra dura tanto bate até que fura". Estou adotando a idéia dele, não para arranjar briga, e sim como cliente com o direito de reclamar.

 

Nenhum comentário: