domingo, 25 de março de 2012

A comida de todo dia

Por almoçar em restaurantes todos os dias, minha opção em casa é sempre pela comidinha simples. Vejam que dá perfeitamente prá fazer em casa algo sem muito fru fru mas muito saboroso!

Arroz fresquinho é algo que salva qualquer refeição! Enquanto ele cozinhava e os mini kibes assavam no forno cozinhei uma batata. Quando ela estava cozida, escorri a água, coloquei 1 colher de sopa de margarina na panela, um pouco de salsinha e refoguei a batata 'na manteiga'.




Bata 1/2 lata de milho verde em conserva com um pouco de leite no liquidificador. Feito isso, pegue uma panela e refogue alho e cebola num fiozinho de azeite. Quando eles estiverem douradinhos, acrescente o milho batido, cominho, sal, 1 colher de sopa de milho prá dar uma certa crocância e ta aí um ótimo 'creme de milho'.


Almoço de domingo


O almoço de hoje rendeu 2 dicas: Quando for empanar o bife, acrescente ao ovo batido um pouco de leite e um pouquinho de alecrim e se você não tem problemas em misturar doce com salgado... maçã na salada de maionese também vai muito bem!

quinta-feira, 22 de março de 2012

domingo, 18 de março de 2012

Pratos com queijo???

ADOOOOOOORO!

http://comida.ig.com.br/comidas/cardapio-de-domingo-pratos-com-queijo/n1597692836513.html

Esquisitisse







E na categoria esquisitisses para comer, essa é mais antiga e mais frequente do que sorvete com batata frita, pão doce com margarina.

Omelete 2



Com ovo, o que tiver dando sopa na geladeira e uma boa dose de criatividade você é capaz de produzir coisas incríveis, e o melhor, cada dia um prato diferente!!! Eu nem gosto tanto assim de omelete mas devo confessar que depois que recebi um elogio sobre a beleza dos meus, vez ou outra me atrevo a fazer só prá ver se eles ficam mais bonitos rsrsrs


Esse aí tem ovo, queijo, milho, tomate, sal e orégano!

sábado, 17 de março de 2012

Doce de Mamão



Doce de Mamão com Queijo Minas Frescal


Doces caseiros, aqueles que a gente come na casa da vó sabe? Não sei de onde eu tirei isso mas imagino que prá fazer uma coisa destas é preciso muito mais do que conhecimento de ingredientes e domínio de técnicas culinárias; talvez por isso eu nunca tenha me atrevido a fazer algo do tipo...

Não fazer não significa não comer! Pelo menos prá mim é impossível resistir a alguns deles (eu e as minhas restrições culinárias). Sacrifiquei a pizza que ia comer depois mas não podia recusar a oferta, é que este doce de mamão em especial é algo que transcende o meu entendimento do que é cozinhar...

sexta-feira, 16 de março de 2012

Chocolate Estiloso

 Geeeeente, desculpe pela ausência no blog, uma vida de estudante não é difícil, você também sabe disso né Evelyn ? Mas enfim ... 


Chocolate, uma paixão ? Uma tentação ? Sim, isso e muito mais define o chocolate, mas quem não o escolhe pela embalagem atire a primeira pedra !!! Olhem só essas embalagens estilosas, e sabem porque tem doze embalagens na caixa ? É porque eles são um tipo de calendário #adoooro

quarta-feira, 14 de março de 2012

Para DONAS e DONOS de casa (e respectivas ajudantes)

 Oito Erros na Cozinha
 
1° erro:
Lavar as carnes debaixo da torneira.
A) você perde nutrientes. A carne fica esbranquiçada.
B) a contaminação que existe vai aumentar, porque aumenta a quantidade de água e as bactériasvão penetrar mais ainda.A única carne que se lava é o peixe e só para tirar escamas e a barrigada.
==================================

2° erro:
Colocar detergente direto na esponja, o que leva ao exagero.

O detergente nunca deve ser colocado direto na esponja.
Vai ser muito difícil enxaguar todo esse detergente.
O resto de detergente que fica junto com os alimentos pode no futuro dar um problema para a sua saúde.
Para limpar sem exagero, você precisa apenas de oito (8) gotas de detergente em um litro de água
.
==========================================

3° erro:
Usar tábua de carne de madeira.

Na tábua de madeira as bactérias ficam te aplaudindo! Tábua tem que ser de vidro.
==============================

4° erro:
Sobre guardar comida quente na geladeira.

Este é um dos um dos mitos mais difundidos entre as donas de casa...
Não há erro em guardar comida quente na geladeira.
O único problema é que vai aumentar um pouquinho o consumo de energia, mas não vai estragar a geladeira de modo algum. Porém...
========================================
5° erro:
Guardar comida quente na geladeira com o recipiente tampado.

O ar frio vai bater na tampa.
Vai demorar muito para resfriar e as bactérias vão adorar!
Então, coloque tudo destampado.
Depois de duas horas você pode fechar
.
=========================================

6° erro:
Furar a lata de leite condensado e utilizá-la várias vezes.

As pessoas pegam a lata de leite condensado e fazem dois buraquinhos, um de cada lado.
Sai leite condensado por um lado mas, pelo outro, entra uma porção de bactérias.
Abra a lata inteira e passe o leite condensado para um recipiente que pode ser de plástico ou de vidro.
Sirva sempre com uma colher; depois tampe e guarde na geladeira
.
=======================================

7° erro:
Ignorar as formigas.

Quando se fala em doce, a gente não pode esquecer as formigas.
Você provavelmente não se importaria se encontrasse uma formiguinha em cima do seu bolo, não é?
Doutor Bactéria:
E se fosse uma barata?
Marina Scherb, de 12 anos: Aí eu não como.
Doutor Bactéria: Se a gente pegar uma barata, matar essa barata, deixar no meio da cozinha, no dia seguinte, cadê a barata?
Marina: Sumiu.
Doutor Bactéria: Quem levou?
Marina: As formigas
...Doutor Bactéria: A mesma que estava em cima do bolo?
Marina: É, né?...
Doutor Bactéria: As formigas são consideradas até maiores agentes transmissores de bactérias do que a própria barata.
Doce com formiga só pode ter um destino: a lata de lixo
.
===========================================

8° erro:
Soprar velinhas do bolo de aniversário
.

Este é um péssimo mau hábito.Testes comprovam que o bolo fica contaminado por bactérias de saliva.
Essas bactérias produzem uma toxina que podem ocasionar aquelas intoxicações dom 23 horas de vomito. Evite deixar o bolo fora da geladeira.
 
----------------------------------------------
Combater velhos hábitos é preciso

Desde criança, aprendemos a colocar ovos na porta da geladeira, até porque os eletrodomésticos vêm de fábrica programados com essa função.
No entanto, é um erro dos mais graves, porque o balanço da porta e a pouca refrigeração favorecem a deterioração do produto e o ovo vira uma estufa para a criação das terríveis salmonelas,
bactérias responsáveis por boa parte das intoxicações alimentares.
O  professor Roberto Figueiredo, bioquímico especializado no combate às bactérias,
conhecido nacionalmente como Dr. Bactéria,  mostra dados preocupantes.
Em todo o mundo, 1,5 milhão de crianças menores de cinco anos adoecem de diarréia por ano,
o que gera três milhões de mortes, das quais 70% são causadas por manipulação errada de alimentos.
“Isso demonstra total ignorância frente às bactérias
novas”.
O bioquímico condena hábitos diários das donas-de-casa, como guardar o vasilhame com vinagre fora da geladeira,
=usar lixeirinha de pia,
=usar pregadores de roupa para fechar saquinhos de alimentos,
=guardar pedaços de legumes ou de frutas na porta da geladeira
e  =guardar cola na geladeira -
 
Para se ver livre das bactérias, os cuidados com a pia devem ser redobrados.
A esponja de lavar louças deve ser lavada e desinfetada diariamente e trocada
semanalmente.
 
Professor Roberto apresenta verdadeiros desafios para o senso comum.
Segundo ele, deve-se consumir leite pasteurizado sempre, mas o líquido jamais deve ser fervido em casa.
O produto deve ser aquecido a 80 graus C no máximo (cerca de quatro minutos) para que as propriedades nutricionais sejam mantidas.
Outra “esquisitice” apresentada é com relação à forma de armazenar os alimentos recém-preparados
.
Sabe aquele gesto gentil da mamãe em guardar o pratinho do filho no forno?
Dr. Bactéria diz que isso é
oferecer um prato de veneno.
As pessoas passam mal porque comem comida contaminada, não estragada.
O risco é ainda maior porque
o alimento não apresenta sinais de contaminação
e as pessoas comem mesmo".
Ele explicou que os alimentos perecíveis devem ser mantidos fora da geladeira por no máximo duas horas.
Se ainda estiverem quentes, devem ser levados destampados para refrigeração para que o ar frio circule.
“Depois, podem ser tampados normalmente
”.
Enfim, são muitos cuidados que devemos tomar.
Alguns são quase impraticáveis, outro são mais fáceis.

Ponto para:
- quem conseguir não colocar meio tomate, meia cebola, na porta da geladeira.
- quem não lava frutas e verduras quando chega da feira e sim duas horas depois de refrigeradas
.
E mil pontos para quem não oferece mel para crianças com menos de um ano.
Mel?
Todo cuidado é pouco com esse rico alimento, pois  8% da produção de mel é contaminada por uma bactéria chamada clostridium botulino.
Os seres humanos desenvolvem anticorpos de defesa contra os microorganismos, mas somente após um ano de idade.
“Muitas crianças morrem de causas não explicadas e alguns desses óbitos podem ser atribuídos ao mel”.


Uma das críticas mais severas feitas pelo professor Roberto foi com relação a experimentar e soprar a comida dos bebês – que muita gente desavisada faz – e soprar velinhas de bolo de aniversário.
“O aniversariante sopra e depois a mamãe oferece um pratinho de bactérias para os convidados.
Aconselho a adoção daqueles bolos gelados, embrulhados em papel alumínio”.

As festas são ocasiões ideais para a proliferação de bactérias, porque os alimentos ficam expostos por tempo acima do considerado ideal.
O bioquímico cita a maionese como uma das vilãs das intoxicações alimentares
, principalmente as (maioneses) caseiras.
“O perigo é maior para os donos das festas, que só têm tempo de comer os quitutes no dia seguinte.
E ainda acham que é gostoso
”.

Salmonela

Salmonelose é uma infecção causada pela bactéria chamada salmonela, que se desenvolve principalmente em alimentos crus.
O risco de contraí-la em maionese caseira, portanto, é latente.
A maioria das pessoas infectadas por salmonela desenvolve diarréia
, febre e cólica abdominal entre 12 e 72 horas depois da infecção. Salmonelose geralmente dura entre quatro e sete dias, sendo que a maioria das pessoas se recupera sem necessidade de tratamento.
Porém, em algumas pessoas, a diarréia pode ser tão forte que o paciente precisa ser hospitalizado.
A
infecção por salmonela pode se espalhar dos intestinos para a corrente sanguínea, e daí para outras partes do corpo,
podendo ser fatal caso a pessoa não seja tratada rapidamente com antibióticos. Idosos, crianças e aqueles com sistema imunológico enfraquecido têm mais probabilidade de desenvolverem casos graves de salmonelose.

terça-feira, 13 de março de 2012

Escondidinho de Frango

Um prato que parece que dá trabalho prá fazer mas não dá! São várias etapas, reconheço mas o resultado compensa!

PEITO DE FRANGO
Pegue 1/2 peito de frango, corte em cubos, coloque numa panela com água suficiente para o cozimento de 1/2 de um cubo de caldo de galinha. Sim, às vezes, eu também uso temperos prontos. Caso opte pelos naturais coloque sal e 1/4 de cebola na água.

Quando ele estiver cozido, escorra e reserve.

Espere o frango esfriar para desfiá-lo, fica infinitamente mais fácil. Na panela refogue num pouco de azeite 1/2 de cebola e 1 dente de alho. Acrescente 1/2 tomate picado, o frango desfiado, tempere com salsinha e órégano e acrescente 2 colheres de sopa de milho em conserva. 2 minutos no fogo são suficientes. Desligue o fogo e reserve de novo.

PURÊ DE BATATA
Cozinhe duas batatas em água com sal. Escorra, amasse e volte para a panela com uma colher de sopa de margarina e 50ml de leite. A idéia é que o purê fique bem cremoso. Se a batata for velha absorverá 'mais água' então você precisará de mais leite para deixá-lo no ponto.

Cubra o frango com o purê e leve o refratário coberto com um papel alumínio por 20 minutos.


Um pouco de batata palha sobre o purê na hora de servir faz toda a diferença. Hoje, excepcionalmente, dispensei o queijo sobre o purê na hora de gratinar mas o fiz apenas porque só tinha queijo minas frescal na geladeira!

quinta-feira, 8 de março de 2012

Lugar de mulher é na cozinha? Mas em que cozinha, afinal?



Nós não abdicamos de algo que não nos torna menor ou submissa. SIM, NÓS SABEMOS COZINHAR e isso é uma coisa que não nos diminui nem um pouco!

Se a cozinha de casa é (na visão de muitos) lugar de mulher, porque a da rua não haverá de ser também?

É bem verdade que os grandes restaurantes são comandados por chefs (do sexo masculino) mas travamos uma briga também por este espaço e pouco a pouco estamos chegando lá!


Pelo direito de decidir...

terça-feira, 6 de março de 2012

domingo, 4 de março de 2012

Antepasto prático de berinjela.


Amo berinjela, amo antepastos e todas essas coisas que a gente come de entrada e que vão acompanhadas de pão. Amo pão!

Esse é muito prático mesmo.

Cada berinjela das grandes acompanha:
uma cebola,
 um pimentão [da cor de queira],
2 tomates,
1 dente de alho,
2 folhinhas de louro,
2 colheres de sopa de azeitonas picadas,
1 xícara de chá de um bom azeite,
Sal e ervas finas a gosto

- Corte a berinjela, os tomates, a cebola e o pimentão em cubos.
Frite a cebola em um pouco do azeite, quando dourar vá juntando os demais ingredientes. O azeite tem que ser acrescentado aos poucos. Deixe cozinhar em fogo baixo e com a tampa da panela fechada. Mexa de vez em quando para não grudar no fundo. Se for necessário, acrescente um pouco de água. O ponto certo é quando não se sente a textura da casca da berinjela [tem que ficar macia]. Depois de pronto, deixe descansar por pelo menos 4 horas. 
Sirva frio, com pães e torradas e não esqueça de retirar as folhas de louro e regar com mais azeite.
Aqui faz sucesso! 

Bolos Decorados 2

O Paulo Ricardo, ora ex ora vocalista do RPM, se casou de novo!!! E antes que alguém pergunte o que um blog de culinária tem a ver com isso... dá uma olhada no bolo do casamento!!!




Eu não fui a única a procurar o bolo atrás do arranjo de flores prá só depois perceber que o arranjo era o bolo!!! http://ego.globo.com/famosos/noticia/2012/03/paulo-ricardo-se-casa-com-festao-para-muitos-famosos-em-sao-paulo.html

Creme de goiabada...


Para o lanche de logo mais...

Gente, mais fácil que isso não dá!
Essa é dos tempos de Escola da Família. Quando juntavam um bando de universitário sem grana numa escola estadual [em São Paulo] todos os sábados e domingos para oferecer atividades sócio-culturais, educativas e esportivas em troca de uma bolsa de estudos numa universidade particular.

É gente, durante minha primeira graduação todos os meus finais de semana eram dedicados a este programa.

Cinco anos depois, continuo sem grana mas, com muitas boas lembranças. 


Esta semana encontrei no trem, voltando do trabalho, uma das minhas queridas companheiras nesta luta, a Ana e, como memória tem sabor, me lembrei deste creme que fazíamos sempre para acalmar as lombrigas que clamavam por um doce no meio da tarde.


Aprendi com a Tati, outra companheira. Saudades das “brigas” pra saber quem ia manipular o abridor de latas, que era incrível – kkkkk.
Saudades de vocês, galera (Bruno, Chu, Tati, Ana e a loucona da Simone).

Vamos lá.

Para esse creme, basta bater no liquidificador um tablete de goiabada com uma lata de creme de leite. Se quiser mais firme, basta ir acrescentando leite em pó.





O que fazer com isso? Ai é que mora a graça.
Dá pra colocar, por exemplo, em taças e levar a geladeira e servir assim; com pedaços de fruta; sobre o sorvete de massa; como aperitivo acompanhando cubinhos de queijo minas ou coalho; tirar do liquidificador e mandar pra dentro assim mesmo [era assim que fazíamos]; ou...
Lembram do bolo de iogurte?
Não lembra? clique aqui...







Basta substituir a geléia por esse creme, mas, ao invés de derramá-lo sobre a forma antes de colocar a massa do bolo, use-o para untar a forma [como na imagem], asse o bolo conforme indica a receita. O bolo pronto, vire num prato [desenforma imediatamente, é muito fácil] e cubra com o creme com a ajuda de uma colher.




Dica: use o verso da colher e passe o creme de baixo para cima, é mais fácil assim.
Bom, é isso.



Quem duvida, eu recomendo experimentar, não dá pra perder muito, caso não goste do resultado [o que eu duvido].


Café de Manhã

Comer bem é antes de tudo uma questão de opção, você opta por comer ou não comer, você opta por comer isto ou aquilo, por preparar ou não a sua comida enfim... Dentre os que nos acompanham há aqueles que acham super legal, super difícil, super gostoso ou um absurdo o que a gente faz! Devemos fazer a mea culpa de que vez ou outra nos deixamos levar por uma ou outra opinião mas fortuitamente não sucumbimos por acreditar de fato que comer extrapola os limites biológicos para muito mais além de nossas cozinhas.

A dica de hoje é sobre café da manhã, talvez das 3 a refeição mais sacrificada, pouco tempo e disposição prá prepará-la e no meu caso, absoluta falta de apetite ao acordar... preciso de pelo menos 01 hora entre o momento de sair da cama e sentir fome e como acordar uma hora mais cedo é algo fora de cogitação prá mim...


Café, torradas, queijo branco e rosquinhas de coco


Como de segunda à sexta me limito à xícara de café e nada mais, aos finais de semana me permito um desjejum mais digno. Nada do que está na foto não poderia estar na sua mesa. As torradas foram feitas com pão amanhecido (corte-o em fatias, passe um pouco de margarina e leve ao forno por 15 minutos). Queijo é algo que dificilmente você não encontrará na minha geladeira e as rosquinhas estão sempre à postos no pote de biscoito. Enquanto as torradas assavam eu preparei o café e... pronto!


Agora se você tiver tempo e disposição, ficam aqui outras dicas:
http://comida.ig.com.br/comidas/cafe-da-manha-completo/n1597254797650.html

quinta-feira, 1 de março de 2012

Jantar de hoje! E a dica é frango à passarinho temperado da Sadia

http://www.sadia.com.br/produtos/87_FRANGO+A+PASSARINHO+TEMPERADO+SADIA

Pronto para fritar!


Isso se você tiver disposto a fazer essa pequena bagunça na cozinha!!!