domingo, 24 de fevereiro de 2013

Filé de Merluza ao Forno

E lá vamos nós para a primeira receita inédita de 2013!!!

Para prepará-la você vai precisar de: 02 filés de merluza, 03 batatas pequenas, 1/2 tomate, 1/4 cebola, 1 dente de alho, azeite, sal, pimenta do reino, alecrim, orégano e salsa desidratada.








Estando a 600km do litoral comer peixe fresco não é lá das tarefas mais fáceis. Você tem a opção de comprar peixe no pesqueiro (peixes criados em lagos artificiais que ficam em recintos foram do perímetro urbano, opção inviável para uma pessoa como eu que não tem carro) ou comprar peixe congelado que foi o que eu fiz!

Tirei o peixe do congelador ontem à noite e deixei que ele descongelasse na geladeira. Com o calor que está aqui, se tivesse deixado em cima da pia, ele estaria cozido antes mesmo que eu resolvesse o que fazer com ele rsrsrs.

A idéia inicial era temperar, empanar e fritar os filés mas como evitar que a roupa que estava no varal não ficasse impregnada de cheiro de peixe? Abortei a idéia inicial e fiz o peixe no forno.

Comecei preparando um marinado com azeite, alho, sal, pimenta do reino e as ervas. Acrescentei os filés e reservei por meia hora. Enquanto isso, cortei as batatas em rodelas e levei ao fogo com água e um pouco de sal para que cozinhassem.

Detalhe importante, assim que a água levantar fervura desligue o fogo. Como elas ainda vão ao forno, se cozinharem demais nesta etapa estarão desmanchando na hora em que o peixe estiver assado.

Num refratário, montei o prato da seguinte forma: reguei com azeite, fiz uma camada de batatas, coloquei sobre elas o peixe, acrescentei o tomate e a cebola e finalizei com batatas. Cobri com papel alunínio e levei ao forno por 30 minutos.


quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Torta de Bis

E antes que alguém diga, mas a torta de bis que eu comi na sua casa não era assim... a dica de hoje é do Rafa que trabalha comigo!!!

 Ingredientes:

01 lata de leite condensado
01 lata de creme de leite
01 caixa de bis

Decoração:
Bombom sonho de valsa à vontade

Modo de Preparo:

Coloque a lata de leite condensado em uma panela de pressão com água até cobrir a lata.
Feche e leve ao fogo por aproximadamente 30-40 min.

Desligue o fogo, deixe esfriar e reserve. Tire o soro do creme e triture a caixa de bis.

Misture tudo (o bis, o doce de leite e o creme de leite) e coloque numa forma. Em seguida, leve ao freezer até endurecer, o que deve levar por volta de 2-3 horas.

Ao tirar do freezer coloque sobre a torta os bombons partidos ao meio e sirva.

:)


domingo, 3 de fevereiro de 2013

O pão de mel...

... que enfeitiça as pessoas!

A combinação de especiarias, doce de leite e chocolate tem mexido com a cabeça do meu eleitorado e não há uma pessoa sequer que, depois de provar este pão de mel, não se apaixone!

Eu gosto de pão de mel desde sempre e gosto de todo e qualquer tipo, desde aqueles da PANCO que não são nada lá muito macios até os da Munik http://chocolatesmunik.com.br/category/produtos/pao-de-mel/ que é extremamente molhadinho e que prá mim se resumem NO MELHOR PÃO DE MEL DO UNIVERSO. Na categoria pães de mel caseiros, o de uma antiga vizinha é o que tem um lugar cativo na minha memória.




Tá aí um doce a que eu não resisto. Posso até frustrar minhas expectativas depois da primeira mordida ou amargar o arrependimento de ter comprado um só mas nunca deixo um pão de mel prá trás. É por isso tentei, e não foram poucas as vezes, fazer pão de mel em casa.

As primeiras receitas datam de quando eu ainda era adolescente. Ou a massa ficava extremamente seca, ou carregada de especiarias. Confeitá-los também não era lá uma tarefa na qual eu lograsse muito sucesso. O fato é que depois de muitas tentativas e um sem número de ingredientes desperdiçados, eu desisti.

A busca incessante pelo pão de mel perfeito acabou ano passado, quando minha tia me indicou essa receita. Disse que tinha conseguido com uma vizinha que fazia os doces para vender e que por isso, eu deveria me comprometer a não divulgá-la amplamente - para outras pessoas ou aqui por exemplo. Assim o fiz!

Guardei a receita por meses até que marquei um jantar aqui em casa e estava sem idéias do que preparar de sobremesa. Foi quando lembrei-me do pão de mel! Como não tinha muito tempo nem chocolate para cobertura no armário, servi como bolo e coberto com ganache. Foi um sucesso!!!

Os primeiros a provar a grande criação foram a Pâmela, o Alan, a Viviani e o Márcio num jantar aqui em casa.

A rapidez e praticidade em prepará-lo me motivaram a repetir o feito mais vezes. Desde então posso dizer que o tempo que passo na cozinha resume-se praticamente a isso. Agradei aos não aficcionados por doce, furei dietas de diabéticos, fiz com que minha irmã abrisse uma exceção ao consumo de chocolate e acumulo, a cada execução da receita, uma lista de pessoas que ficaram com água na boca.



Preparo

Eu não me canso em dizer que minha vida mudará o dia em que a Ana Maria Braga descobrir meus dotes culinários... quem sabe este pão de mel não seja meu passaporte?

 A receita é mesmo muito versátil. Além de bolo vira cupcake!
O pão de mel foi o bolo da festa de aniversário de 85 anos da minha vó em agosto passado. A família é grande mas a empolgação do povo foi maior, 8 kgs de bolo não deram conta de chegar ao fim do dia!









Essa e tantas outras receitas partiram daqui direto prá casa do Anderson, que trabalha comigo. O povo por lá, pelo jeito, adora!!!

Pasta de lentilha

Receita das antigas... uma das entradas da ceia de ano novo da casa da Evelyn do ano passado. Mexendo numas fotos antigas lembrei da receita que estava a long time ago no meu e-mail kkkkk

INGREDIENTES
1 xícara de chá de lentilhas
1\2 xícara de chá de calabresa
1 dente de alho
Azeite e sal a gosto
MODO DE PREPARO
Pique o alho e a calabresa, numa panela com um pouco de azeite e frite-os até dourar. Acrescente a lentilha, cubra com água e deixe cozinhar até ficar bemmm macia.

Quando ela estiver macia, passe o cozido pelo processador, acerte o sal, regue com azeite e pronto. Sirva morno [ou em temperatura ambiente] com torradas, pães e biscoitos salgados.
DICA1: Vá acrescentando água se for necessário.

DICA2: Não deixe secar toda a água. Cozinhe a lentilha mais deixe que fique um pouco de água na panela, pouco mesmo, de forma que não apareça na superfície.

DICA3: Caso esfrie e seja preciso esquentar a pasta, coloque um pouquinho de água, mexa bem, leve ao microondas por 30 segundos, se não for o suficiente, leve por mais 30 [sempre de 30 em 30] e regue com mais azeite.

sábado, 2 de fevereiro de 2013

Feira gastronômica, eba!!!!

Prá paulistana aqui amante de boa comida a notícia é digna de comemoração!!!

A partir do dia 17 de fevereiro, a Vila Madalena passa a sediar a Feirinha Gastronômica, que pretende reunir de chefs prestigiados a cozinheiros que ganharam destaque em sua região devido a algum quitute.

Toda semana, das 12h às 19h, o estacionamento no número 309 da Rua Girassol irá receber as barraquinhas de 20 diferentes expositores, que serão escolhidos dentre aqueles que se inscreverem no site do evento. As inscrições para a primeira edição já estão abertas e o resultado será divulgado dia 11. Os participantes poderão vender comidas feitas na hora ou alimentos que já estejam prontos.

Dos mesmos organizadores do Chefs na Rua – evento que teve sua mais recente edição durante o aniversário de São Paulo, no último dia 25, no Viaduto do Chá – a Feirinha Gastronômica pretende se tornar um “lugar de testes, de novos talentos” e um “ponto de encontro, um lugar gostoso para passear com a família e amigos e experimentar coisas novas”.

Para maiores informações: http://feirinhagastronomica.com.br/

Humanos faziam queijo há 7500 anos

Não, isso não é lorota de rodapé de livro nem blá blá blá de historiadora! Pesquisas recentes em achados arqueológicos atestam isso!

http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,humanos-faziam-queijo-ha-7500-anos-dizem-cientistas,972757,0.htm